Livro debate as línguas estranhas como evidência do batismo no Espírito Santo

Editora Carisma apresenta obra com várias abordagens da doutrina pentecostal


Livro debate línguas como evidência do batismo no Espírito Santo

Gary McGee, que foi professor de História da Igreja no Seminário Teológico das Assembleias de Deus em Springfield, Missouri, edita a obra “Evidência Inicial: Perspectivas históricas e bíblicas sobre a doutrina Pentecostal do batismo no Espírito”, lançada no Brasil pela editora Carisma.

São 13 capítulos, cada um assinado por um especialista, incluindo teólogos, historiadores e exegetas.  Eles apresentam sua visão sobre a doutrina que estabeleceu as línguas como a evidência física inicial do batismo com Espírito Santo. Entre eles, além de McGee, estão Stanley Burgess, Robert Menzies, Larry Hurtado, Cecil Robeck Jr. e Donald Johns.

A abordagem histórica apresenta a posição das antigas igrejas do Oriente e das igrejas medievais do Ocidente. A análise teológica procura apresentar várias abordagens, mostrando pontos de vista até antagônicos.

As 288 páginas da compilação pretendem fazer uma análise exaustiva do assunto, procurando  uma referência na teologia pentecostal.

Segundo a editora, a proposta não é fazer uma defesa da doutrina, mas propor um debate honesto e edificante sobre o tema ao mesmo que sempre foi polêmico na igreja brasileira.

Acesse www.editoracarisma.com.br/shop/evidencia-inicial/




Deixe seu comentário!