Livro aponta nossa geração como a escolhida para o arrebatamento

Embora ninguém saiba o dia da volta de Cristo, estudioso afirma que os sinais estão se cumprindo


Livro aponta nossa geração como a escolhida para o arrebatamento

A. M. Chiappone tem 48 anos e a mais de 25 anos dedica-se ao estudo e ensino da Bíblia Sagrada. Sua larga experiência ministerial e uma experiência pessoal o fizeram escrever “A Geração do Arrebatamento”, obra que é fruto de vasta pesquisa.

O autor garante que esse estudo é diferente de outras obras sobre o Apocalipse. Ele abrange um cenário bíblico mais amplo. Segundo ele, é possível ver que vários dos sinais apontados no livro estão ganhando vida, dia após dia.

Ao contrário do que é comumente ensinado nas igrejas, Chiappone usa a história para mostrar que a religião do Anticristo é o islamismo e a Babilônia, a prostituta do Apocalipse, não é o Vaticano, mas está situada no Oriente Médio, onde também surgiu o cristianismo.

O objetivo deste livro, garante, é posicionar a igreja diante do cenário profético da atualidade e acender a chama do evangelismo através do conhecimento mais profundo da parábola da figueira que brotou!

Embora ninguém possa saber o momento exato da volta do Senhor, o autor lembra que há sinais mencionados nas Escrituras e profecias que nos ajudam a entender como isso ocorrerá.

Abordando as festas de Israel, estabelecidas pelo próprio Deus, Chiappone apresenta uma análise profunda sobre como o calendário divino interfere na história humana. Para ele, esta é a geração que viverá o arrebatamento, antes que venha a terceira guerra mundial.

Saiba mais em www.clubedeautores.com.br/book/201746–A_geracao_do_arrebatamento




Deixe seu comentário!